Já há muito que andava curiosa com a misteriosa jaca – aquela fruta do Brasil que raramente se encontra por cá e que (dizem) imita muito bem o aspecto do atum e da carne de galinha. Não tenho saudades de comidas com animais, mas não podia deixar escapar a oportunidade de recriar um petisco que me acompanhou ao longo dos anos, principalmente os da faculdade (ai os lanches das madrugadas, depois de noites de copos…). Pensei usar a jaca num taco ou numa sanduíche – assim como esta, que provei no VeggieWorld Lisboa 2018, da Evervegan, e que me surpreendeu 200%!! – mas aquelas memórias de comer uma apetitosa pasta repleta de maionese não me largavam.. e teve que ser! Bom, fazer pasta de jaca, bem ao estilo pasta de atum (ou patê de atum) não podia ser mais fácil. Basta escolher uma leguminosa, para uma base consistente, uma alga, para o sabor a mar, e juntar-lhe alguns temperos. A jaca verde e natural (tem mesmo que ser verde e natural) agarra os sabores que lhe damos e basta cozinhá-la uns minutos, ou deixá-la a marinar por algumas horas, não tem grande ciência..

Para esta receita veganizada, optei pelo feijão branco, só mesmo pela textura mais aveludada (o grão de bico também serve), escolhi cebola roxa, para lhe dar um tom de atum, e a maionese, ai a maionese, a maionese eleita foi a Veggie-Naise Classic, que lhe deu o toque perfeito! Esta maionese – à base de aquafaba – é maravilhosa, a melhor que provei até agora: super cremosa e com um sabor delicado e equilibrado.

O resultado ficou incrivelmente parecido, mas muito melhor que o original. Posso dizer que impressionou toda a gente que provou e vou, seguramente, repetir a experiência! (;

Ingredientes:

 – 1 chávena de feijão branco cozido
– 1 colher de sopa de tahine (manteiga de sésamo)
– 1 cebola roxa picada
– 1 chávena de jaca em água salgada, da Nature’s Charm
– 1 folha de alga nori
– alho em pó q.b.
– pimenta preta em grão p.b.
– sal marinho q.b.
– azeite q.b.
– (1 frasco de) maionese Veggie-Naise Classic

 

Preparação:

1. Cortar a alga nori em pedacinhos e deixá-la a amolecer com um pouco de azeite.

2. Numa wok, refogar a cebola, com um pouco de azeite, e juntar-lhe a jaca cortada/desfiada, deixando alguns pedaços por desfiar, que farão lembrar a textura do atum. Temperar com alho em pó, pimenta preta moída na hora e um pouco de sal marinho. Juntar a alga nori, com o azeite da marinada, e deixar cozinhar mais um pouco. Reservar.

3. Num processador, ou com um garfo, triturar o feijão com o tahine. Numa taça, misturar a cebola/jaca/nori com a pasta de feijão e levar ao frigorífico, para intensificar o sabor.

4. Na hora de servir, juntar colheradas de maionese (muitas!!), envolver delicadamente, et voilà!!

Usar, e relembrar os velhos tempos, em tostas, no pão ou.. com palitos de vegetais.. nãhhh!!

Outros Artigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *